Escola de Dados

Primeira turma do curso de CKAN para abertura de dados públicos começa nesta semana

31 ago de 2022, por OKBR

Compartilhar

Ferramenta de código aberto permite fiscalizar informações de governos e ajuda a desenvolver novos negócios

Nesta semana, a Open Knowledge Brasil, por meio da Escola de Dados, está começando um curso inédito no país sobre o CKAN (Comprehensive Knowledge Archive Network), a maior solução de código aberto para catalogar e disponibilizar informações, com o objetivo de melhorar as práticas de transparência e publicação de dados abertos no país.

A ferramenta funciona como um repositório de elementos que alimenta hubs e portais e simplifica a publicação, o compartilhamento e a utilização de base de dados mundo afora. Em outras palavras, o CKAN é um sistema de gerenciamento de conteúdo, como o WordPress, mas para dados, em vez de páginas e posts em blogs. 

O curso “Publicadores: gerenciando dados abertos com o CKAN”, de 1 a 29 de setembro, terá aulas ao vivo e gravadas e será composto por atividades práticas, leituras e vídeos complementares. “O curso prático guiará estudantes na criação de uma instância do CKAN, além de apresentar as formas de publicação de dados da plataforma. Essa ferramenta é um excelente recurso para a administração pública brasileira e até mesmo para organizações do terceiro setor”, diz Murilo Machado, gerente Administrativo-Financeiro da OKBR. 

A plataforma CKAN permite aos usuários encontrar os materiais de forma simplificada através de mapas, gráficos e tabelas. “Para a abertura de dados é fundamental usar uma ferramenta robusta, de código aberto e com uma comunidade ativa, como o CKAN. Fomentar a cultura de abertura de dados é também estimular o conhecimento aberto em todos os âmbitos”, afirmou Ana Cecília Vieira, analista de dados e instrutora do curso.

A ferramenta se destina aos profissionais responsáveis por disponibilizar informações à sociedade, o que abrange um público de desenvolvedores, jornalistas, pesquisadores, ONGs ou qualquer pessoa interessada no tema. O sistema de código aberto já é usado por vários governos do mundo – Estados Unidos, Canadá, Reino Unido, Alemanha, Austrália, México e Prefeituras de São Paulo e do Recife.

“O CKAN é o sistema de repositórios de dados mais usado mundialmente. É gratuito e tem seu código livre, o que significa que, se necessário, sua equipe poderá modificá-lo sem depender de terceiros, garantindo sua soberania tecnológica”, explica Vitor Baptista, mestre em computação pela UFPB e instrutor do Curso. 

Ainda dá tempo de se inscrever no curso ‘Publicadores: gerenciando dados abertos com o CKAN’.  Clique aqui para obter mais informações e venha aprender com a gente!